€100 mil para a melhor ideia de Turismo

2016-11-07

A segunda edição da Tourism Innovation Competition já está na estrada. O Turismo de Portugal e o The Lisbon MBA uniram-se para concretizar a segunda edição de um concurso mundial de ideias que este ano quer ajudar a descobrir o projeto mais inovador para uma solução digital que permita melhorar a experiência de visitar monumentos e museus e atrair novos visitantes. Há €100 mil euros para apoiar a concretização do projeto vencedor.

Descobrir e tornar real a melhor solução digital que permita otimizar a experiência de visita a um museu ou um monumento histórico, e com isso atrair novos visitantes e ajudar a promover um turismo de qualidade, é o objetivo do Tourism Innovation Competition, a competição global de empreendedorismo. O The Lisbon MBA e o Turismo de Portugal voltaram a associar-se para concretizar a segunda edição desta iniciativa que conta com €100 mil para financiar o projeto vencedor, que será conhecido em março do próximo ano, e implementá-lo em território nacional.

O desafio não tem fronteiras geográficas e será promovido a nível global de a forma a poder “captar o que melhor está a ser pensado em todo o mundo”, explicam os promotores. Na edição 2017, os participantes são chamados a responder à pergunta “como garantir uma melhor experiência ao visitante que, ao mesmo tempo, seja também um mecanismo de co-criação de conteúdo e promoção?”. Os três inovadores que se destaquem pela qualidade da sua ideia serão convidados a apresentá-la numa conferência internacional que decorrerá em Lisboa, em março do próximo ano.?Na edição do último ano, a Tourism Innovation Competition colocou os candidatos perante o desafio de encontrar uma solução para a recolha e sistematização de informação de valor para os diferentes stakeholders a atuar na área do Turismo. O vencedor foi um projeto de portugueses que permite analisar o comportamento dos turistas usando as redes sociais.

“Com esta ação, queremos contribuir para promover, a nível mundial, a inovação e o empreendedorismo, duas competências que são muito importantes no The Lisbon MBA”, explica Anabela Possidónio, diretora executiva do The Lisbon MBA, sublinhando o propósito de desenvolver talento internacional e de contribuir para a partilha de conhecimento, colocando-o, sempre que possível, a serviço da economia nacional. “Neste caso, queremos que a inovação e o empreendedorismo possam contribuir para o aumento da competitividade do País, neste sector de importância acrescida em Portugal, onde representa cerca de 5% do PIB”, reforça.

Já Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, realça que “a utilização do património monumental e museológico nacional nas propostas de valor associadas ao turismo afigura-se essencial, precisamente porque esse património é único, carece de valorização e é capaz de gerar experiências absolutamente autênticas e inigualáveis”. O líder assume, por isso, que a geração de ideias que este concurso vai proporcionar contribuirá de forma decisiva para o esforço de digitalização da atividade turística que estamos a desenvolver e, em particular, o modo como os turistas experienciam a nossa oferta cultural, para além de reforçar o papel de Portugal como um destino turístico distintivo e inovador e competitivo.

Fonte: Expresso Emprego